Inside

Arco-íris e unicórnios dentro de casa: o iridescente

Há cada vez mais e mais produtos que parecem uma mistura entre uma bolha de sabão e as penas de um colibri. O iridescente está cá para ficar e nós não podíamos estar mais contentes!

Hoje trazemos, arriscamos dizer, uma das cores mais inspiradoras do mundo, embora não seja bem uma cor. Passamos a explicar: a iridescência é um fenómeno óptico que faz com que certas superfícies reflictam cores distintas, que mudam consoante o ângulo de incidência da luz. As cores iridescentes resvalam, habitualmente, para os tons azuis, verdes, amarelos e cor-de-rosa – às vezes, todos ao mesmo tempo!

gb2-aquesqiriblk2x2

Esta tendência tem vindo a ser cada vez mais incorporada tanto na arquitectura como no design de interiores, trazendo aos ambientes um toque irrealista e, ao mesmo tempo, descontraído. Por mais que tentemos evitar, os nossos olhos são atraídos como um íman para os tons iridescentes, translúcidos e pérola. A grande questão é: como usá-los?

trend-alert-iridescence-is-going-to-be-everywhere-1809727-1466197602.640x0c.jpg

Embora associemos a iridescência a universos mais futuristas ou decorações mais femininas, a verdade é que não há regras absolutas. Este é um efeito que vai trazer luz a qualquer ambiente, tornando automaticamente tudo mais etéreo e mágico!

Pode ser utilizado de uma forma ousada: nas paredes ou no chão, ou de uma maneira pontual, apostando nos pormenores, como mostramos mais à frente.

O designer inglês Tom Dixon foi responsável por interiores de apartamentos e um restaurante em Londres, que são um reflexo desta tendência. Também desenhou uma colecção inteira baseada nestes tons. 

tomdixon

O iridescente pode ser conjugado com outros estilos, estando presente apenas em detalhes: vasos, talheres, têxteis, vidros coloridos… as possibilidades são infindáveis!

Deixar uma resposta