Kids

Estética e ergonomia: como criar o ESPAÇO DE ESTUDO perfeito

É impossível saber com toda a certeza do mundo que, na hora de estudo, os seus filhos estão atentos e as suas mentes não estão a vaguear pelo mundo da imaginação. Felizmente, há coisas que ainda consegue controlar: criar um espaço de trabalho que seja confortável e, ao mesmo tempo, inspirador pode ajudar e muito!

Os tempos em que montar um quarto de criança significava juntar mobília usada e um quadro de cortiça onde se podiam pendurar papéis aleatórios já estão completamente ultrapassados. Hoje em dia, tanto os designers de interiores como os próprios pais sentem que este é uma divisão muito pessoal, que deve reflectir os gostos dos seus filhos, ao mesmo tempo que convida ao estudo, ao relaxe e à diversão. Já falámos das dificuldades de conseguir harmonia num quarto partilhado por duas crianças com idades, géneros e personalidades diferentes (leia mais aqui), e também já falámos do método montessoriano aplicado à decoração (leia mais aqui). Hoje, vamos focar-nos em tudo o que é essencial quando o objectivo é criar uma zona de estudo bonita e, acima de tudo, propícia ao estudo.

workspace.png

Claro que um canto da mesa da cozinha pode servir de área de trabalho, mas a verdade é que a cozinha (ou outra divisão qualquer da casa) pode ser caótica e propensa a distracções. É importante ter um sítio específico para a altura de fazer os trabalhos de casa, que apenas sirva essa função e que seja, simultaneamente, cómodo e prático! Confira os aspectos que devem ser tidos em consideração antes de criar este tipo de ambientes.

A palavra de ordem é só uma:  F U N C I O N A L I D A D E . É essencial usar móveis adequados à idade das crianças, uma vez que cadeiras, mesas, prateleiras, cabides colocados demasiado alto podem criar desconforto e, até, acidentes. Tente pôr-se no lugar delas e tentar criar o ambiente mais “child-friendly” possível. Esta é também uma forma de promover a independência e organização!

Use toda a luz natural possível, mas não se esqueça de pensar nas diferentes horas do dia. Um candeeiro de mesa é essencial, para poder direccionar uma luz forte para o que se está a ler, por exemplo.

Lembre-se de que as crianças gostam de usar o chão e que, inevitavelmente, alguns projectos (e as próprias crianças) vão acabar espalhados por lá. Certifique-se de que há espaço e possibilidade de iluminar também essa área.

Aproveite as paredes à volta para pendurar trabalhos antigos – é excelente para criar inspiração!

walls

Aposte em cestos e caixas para ter tudo organizado. É importante que cada coisa tenha o seu sítio e, acima de tudo, que a criança o saiba identificar. As caixas de cereais podem servir para arrumar papéis, livros ou material. Veja algumas ideias aqui e aqui.

O tamanho da secretária é importante: deve haver área suficiente para que a criança consiga manusear os livros e cadernos, assim como o restante material. Se está a lidar com pouco espaço, uma solução pode ser aproveitar o espaço debaixo do beliche para pôr a mesa de estudo.

beliche.jpg

Não compre uma cadeira qualquer! As crianças adoram mexer-se e, se a cadeira for desconfortável, ainda vai ser mais difícil fazer com que se sentem durante algum tempo. Escolha uma cadeira que seja cómoda e que se adapte ao seu crescimento.

 

Fontes das imagens: 1, 2, 3

Deixar uma resposta