Spots & Cities

DIY – um manjerico para o Santo António

O aroma especial espalha-se pela cidade e não há canto onde não se veja um manjerico a espreitar. Quer aprender a fazer o seu?

Chegou finalmente o mês em que Lisboa se enche ainda mais de cor, música e festa! As tradições multiplicam-se, mas há uma que nos enternece a todos – a da “planta dos namorados”. Costuma dizer-se que o manjerico tem de ser oferecido à pessoa amada na altura dos Santos Populares e que, se o amor for verdadeiro, deve tratar-se bem dele durante 365 dias, até às festas do ano seguinte. Por sabermos que é uma planta que exige alguns cuidados, achámos que fazia todo o sentido fazer um em papel, para que o amor perdure sem haver percalços pelo meio. 😂❤🎉

Então vamos a isso!

Do que vai precisar? 

10 folhas de papel de seda ou papel crepe verde

2 ou 3 folhas de papel de seda ou papel crepe vermelho

Bola de esfevorite (pode encontrá-las nas lojas chinesas)

Espeto de madeira

Vaso

Agrafador

Tesoura

Cola branca

Papel ou cartão para escrever um poema

Agora: mãos à obra!

O primeiro passo é juntar as folhas de papel verde e recortar tiras com xxxx cm e, depois, cortá-las em quadrados. Agrafe os quadrados no centro, para não se soltarem, e, com a ajuda da tesoura, transforme-os em círculos. Dê alguns pequenos cortes a toda a volta, como na imagem.

A seguir, só tem de ir amachucando cada uma das camadas, formando uma espécie de alface, ou couve de bruxelas, vá! 🙂

papelinhos

Agora, só tem de pôr cola em cada uma das folhas e colá-las à bola de esferovite. Quando estiver toda verdinha, cole uma ou duas flores feitas da mesma forma com o papel vermelho e o cartão com o poema. Pode usar a nossa sugestão, ou criar a sua própria! 🙂

Feliz Santo António!

Aqui fica o nosso poema, para vos inspirar a fazer os vossos:

Nesta noite alfacinha

O que eu quero mais

É comer boa sardinha

E bailar nos arraiais!

 

Deixar uma resposta